Sintomas, causas e tratamento para sensibilidade nos dentes

A sensibilidade dentária ocorre quando a camada externa do dente (esmalte) se desgasta ou a gengiva retrocede, deixando a dentina ou a raiz do dente exposta.

Os episódios de sensibilidade são mais comuns ao ingerir alimentos quentes, frios ou ácidos. A sensação pode ser semelhante a um calafrio e envolver, até mesmo, uma dor aguda e severa de curta duração, podendo afetar um ou mais dentes.

Existem 3 grupos de estímulos que causam a sensibilidade:

  • Estímulos térmicos: quando é consumido alimentos frios ou quentes;
  • Estímulos osmóticos ou químicos: quando é consumido alimentos açucarados ou ácidos;
  • Estímulos táteis ou mecânicos: ao escovar os dentes e usar fio dental.

Causas

A sensibilidade dentária é causada por uma fonte principal ou por uma combinação de fatores. Podendo ser:

  • Higiene oral inapropriada – alguns pacientes podem escovar os dentes com muita força, levando a um desgaste anormal do dente e/ou recessão gengival, principalmente na região cervical. Além disso, a frequência de escovação, tipos de cerdas das escovas e abrasividade das pastas dentais são alguns fatores associados á abrasão.  
  • Dieta ácida ou refluxo gástrico – Refrigerantes, frutas cítricas, doces e/ou refluxo gástrico desencadeiam o processo de desgaste do esmalte dos dentes.
  • Apertar ou ranger os dentes – Esse hábito desgasta o esmalte e expõe a dentina, devido ao ato de compressão.
  • Periodontite e gengivas retraídas – A retração gengival expõe o terço cervical do dente, em direção a raiz. Quando essa área é exposta, geralmente, ocorre um aumento na sensibilidade dos dentes.
  • Cárie – É um processo bacteriano que inicia com a cavitação do esmalte, atingindo a dentina, podendo chegar à polpa em um estágio mais avançado.
  • Dente lascado ou fraturado –  vão deixar a dentina mais desprotegida, aumentando os riscos de sensibilidade.
  • Restauração dental comprometida – Se as mesmas não forem bem adaptadas podem ocasionar fraturas ou infiltrações, levando a sensibilidade dentária.

Tratamento

A sensibilidade dentária pode ser tratada com dentífricos (pasta de dente), flúor, dessensibilizantes, adesivos dentários, laser, restaurações, cirurgias e tratamento endodôntico. Entretanto, o grande desafio é identificar as causas da sensibilidade e encontrar um tratamento que seja eficaz em um curto espaço de tempo, que não cause recidiva e que elimine efetivamente a sensação dolorosa.

Dra. Adryelle Araújo 
Cirurgiã-Dentista | CRO MT 9220

Com muito ❤ por go7.site